Mitos e verdades sobre o sono

Criança dormindo II
A privação do sono não interfere na saúde do indivíduo:

MITO

A privação do sono, mesmo que de apenas uma hora por semana, pode causar alterações psíquicas e neurocognitivas significativas que nem sempre são percebidas.

A dor interfere no sono:

VERDADE

Pacientes com dor crônica podem apresentar redução da eficiência do sono, dificuldade para dormir e para despertar.

Estudos clínicos e experimentais tanto em humanos como em animais confirmam a associação entre o sono não reparador e manifestações dolorosas.dormir-bem

Além disso, existem evidências de que o sono profundo pode representar um mecanismo compensatório para os processos dolorosos crônicos, de modo que pacientes com maior quantidade de sono profundo provavelmente experimentem os sintomas dolorosos com menor intensidade.cachorro-dormir-cama

O estresse pode influenciar o sono :

VERDADE

A correria da vida moderna e o estresse têm feito com que as pessoas durmam cada vez menos. Essa redução do tempo de sono oferece males ao organismo, incluindo prejuízos cognitivos, aumento de irritabilidade e da liberação de cortisol e ACTH (hormônios relacionados ao estresse).

Por isso, buscar uma alternativa para aliviar a tensão e o estresse do dia a dia é importante e válido para quem busca um sono mais reparador.

dicas-para-a-criança-dormir-bem

Todas as pessoas precisam dormir oito horas por dia:

MITO

A duração da noite é variável de pessoa para pessoa. O que vale para um, pode não ser bom para outros. Algumas pessoas se sentem bem dormindo somente cinco, seis horas, enquanto outras necessitam de oito horas ou mais de sono para se sentirem dispostas no dia seguinte.

dormirO sono pode ser recuperado no final de semana:

MITO

Se a pessoa não dormiu durante a noite, o ideal é recuperar o sono em no máximo 24 horas e, mesmo assim, não será 100% reparador. O sono não é acumulativo, portanto dormir muito nos finais de semana não minimiza os prejuízos causados pelas noites mal dormidas durante os dias de semana.

Cochilar de dia prejudica o sono da noite:

MITO

Cochilos de menos de trinta minutos depois do almoço são suficientes para descansar sem atrapalhar o sono noturno. Para pessoas insones, os cochilos podem piorar o sono da noite.dicas de bom sono bella forma

O consumo moderado de bebida alcoólica relaxa e melhora o sono:

MITO

O álcool desorganiza a arquitetura interna do sono, tornando-o não reparador. Além desse efeito, ele também piora os episódios de ronco e apneia.

bebe-dormindoO uso de álcool como sedativo deve ser evitado e, se consumido, fazê-lo pelo menos seis horas antes do horário de dormir.

O abuso do álcool pode levar a diferentes alterações agudas e crônicas do sono e pode desencadear ou piorar roncos, além de acentuar significativamente o número e a duração das pausas respiratórias.

 

Quem dorme pouco, engorda:

VERDADE

insulina-e-leptinaDurante o sono são produzidos dois hormônios: leptina e grelina.

 

 

grelina leptina vai vem balança

 

A privação de sono reduz a liberação de leptina, hormônio da saciedade, e libera mais grelina, hormônio da fome.

 

Ronco não faz mal para a saúde:dormir-em-ingles

MITO

Além de atrapalhar o sono do parceiro, o ronco pode ser muito perigoso para a saúde do coração, pois ele geralmente está associado à apneia obstrutiva do sono, prejudicando a oxigenação e levando a pessoa a acordar.

O que acontece é que o roncador volta a pegar no sono e não se lembra que acordou. Isso pode gerar estresse e alterações circulatórias, entre outras. O ideal é procurar um especialista e se cuidar!

cachorro-dormir-cama

Fonte: Associação Brasileira do Sono

Mitos e Verdades sobre o Sono

2 comentários em “Mitos e verdades sobre o sono”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.